Open post

Como melhorar a estratégia nos buscadores por voz?

Buscadores por voz são recursos que não podem mais ser ignorados nas estratégias de marketing digital. Os brasileiros – e pessoas do mundo todo – estão cada vez mais conectados a dispositivos móveis do que a computadores pessoais, o que aumenta consideravelmente as pesquisas pelos buscadores e assistentes virtuais.

Os voice search existem desde os anos 90, porém, somente agora na década de 2010 popularizam-se no Brasil e em outros países. Atualmente, saber como esses mecanismos estão alterando o modo de pensar em estratégias digitais e como melhorá-los é fundamental para desenvolver um planejamento de sucesso.

Por que buscadores por voz alteram as estratégias?

Os especialistas em marketing precisam lembrar, com prioridade, que as pessoas falam e escrevem de maneiras distintas. De modo incontestável, a forma de falar é mais informal do que o modo de escrever. Portanto, os textos para serem encontrados em buscadores por voz devem apresentar linguagem diferente da habitual, com expressões mais coloquiais e pensadas para atingir os internautas que utilizam a fala para pesquisar.

Como melhorar a estratégia

O alcance orgânico continua sendo o foco dos maiores estrategistas do marketing digital. Para atingir tal objetivo, é essencial manter presença digital constante e produzir conteúdo rico. Priorizar qualidade e diversidade do material disponibilizado garantem a boa audiência, assim como aumentam as possibilidades de conquistar leads.

As grandes mudanças que acontecem com os buscadores por voz ganhando espaço entre os internautas é a forma como o conteúdo é oferecido, como também a maneira de se conectar ao consumidor.

Conheça os principais fatores que devem ser levados em conta para melhorar a estratégia de marketing digital direcionada aos buscadores por voz:

SEO humanizado

Os assistentes pessoais tem sido o grande investimento de grandes empresas como o Google, exatamente por alterarem a forma como os usuários lidam com seus smartphones. Os aparelhos móveis são utilizados como auxiliares para a maioria das tarefas cotidianas, o que resulta na evidente humanização desses dispositivos.

Os buscadores por voz, por sua vez, são mais uma das ferramentas que o usuário espera que lhe seja satisfatória em funções simples, como encontrar um lugar ou o meio de transporte mais acessível. Por isso, as estratégias de SEO precisam ser executadas com base no internauta que tem no smartphone. Um apoio quase humano e não apenas como um computador.

O SEO em páginas deve ser trabalhado, portanto, para responder a questionamentos como “o que”, “onde”, “quem”, “como” e outros que se assemelhem à fala e não somente à escrita. Tais perguntas já são realizadas via digitação, mas são muito mais recorrentes na fala e por isso devem receber atenção especial.

Linguagem das long tails

As long tails também devem ser repensadas com a atuação dos buscadores por voz. A long tail é uma estratégia de varejo que tem o objetivo de vender pequenas quantidades de muitas mercadorias, fazendo com que uma empresa tenha um grande volume de vendas, esse conceito foi usado por Chris Anderson no livro “A Cauda Longa – Do Mercado de Massa para o Mercado de Nicho”.

As palavras-chave com cauda longa precisam ser ainda maiores para atingir o seu público e com uma linguagem que se adeque a uma pesquisa falada.

O ideal é selecionar expressões com linguagem oral, que faz maior uso do coloquialismo. Portanto, com exceção das pesquisas feitas com apenas uma palavra, as buscas de modo geral tendem a utilizar mais o campo semântico associado à fala.

A tendência é aumentar a pesquisa frasal e reduzir as palavras-chave gerais, logo é importante investir em long tails conversacionais, que vão ao encontro da humanização dos buscadores por voz e, dessa forma, garantirão os primeiros lugares nos resultados de busca.

Preferências do usuário

Considerar a experiência e preferências dos usuários também é de extrema importância, especialmente para as empresas que pretendem garantir o alcance orgânico. Isso porque o Google leva em conta os gostos pessoais do internauta e o histórico do dispositivo para ranquear seus resultados.

A otimização para buscadores deve considerar fatores como o consumo recente e estabelecimentos favoritos, visitados ou acessados com frequência pelo usuário. Destaca-se que o trabalho de otimização baseado nas preferências do consumidor pode contribuir tanto para os buscadores de voz quanto para as buscais locais, também bastante exploradas hoje em dia.

O nome da empresa ou marca é mais um fator com alta relevância para os buscadores por voz. O ideal é que não haja dúvida com relação à pronúncia ou grande dificuldade para realizá-la, uma vez que o usuário pode optar por pesquisar diretamente pelo negócio específico.

Investimento em Microdata

O Microdata é um recurso que pode contribuir bastante para as estratégias focadas nos buscadores por voz. A ferramenta permite estabelecer padrões para descrição de dados utilizando elementos ao HTML, de modo que os mecanismos de busca consigam utilizar informações dentro do campo semântico delimitado, o que amplia as possibilidades de resultados no ranqueamento.

A utilização do Microdata, portanto, faz com que os dados mais importantes apareçam nos resultados dos buscadores, além de o conteúdo passar a ser mais significativo para os internautas que utilizam os buscadores por voz.

Os assistentes virtuais e de buscas por voz tendem a receber cada vez mais investimento das grandes tecnologias, o que significa que suas funções serão multiplicadas e aprimoradas com o tempo, baseadas na experiência do usuário moderno. Estudar e investir nesses recursos integra o cotidiano dos melhores profissionais de marketing digital, os quais buscam o alcance orgânico, presença digital efetiva e maior lucratividade.

Open post

Como aumentar seus resultados com Marketing Digital?

A popularização da internet transformou o mundo dos negócios e o comportamento do consumidor, criando uma comunicação direta e permitindo a construção de um relacionamento entre marca e cliente. Acompanhando a tendência, o Marketing Digital ganhou espaço no Planejamento de Marketing de empresas de diversos tamanhos e seguimentos que buscam aumentar resultados.

Seus custos acessíveis e o alto fluxo de informação permitem um conjunto de ações de comunicação que, ao serem aplicadas corretamente, alcançam o público-alvo, geram aumento nas vendas e criam exposição da marca. Para ajudar a aumentar os resultados em sua empresa, listamos algumas Estratégias de Marketing Digital que devem ser adotadas. Confira!

Faça Marketing de Conteúdo

Gerar conteúdo de qualidade otimiza resultados no Marketing Digital, traz autoridade, demonstra competência e produtividade da empresa, o que torna a marca uma referência positiva para o consumidor. O objetivo é captar e nutrir leads e consumidores criando conteúdo diferenciado e relevante por meio de blogvídeos, landing pages, e-books, e-mail marketing, redes sociais, infográficos, etc.

Com a disputa de atenção a marca precisa ser interessante, focar nos desejos do cliente e trazer soluções para problemas que ainda não surgiram, especialmente se quer que o cliente compre com mais frequência. É importante conversar sem falar sobre preço, condições de pagamento e características de funcionamento do produto. A ideia central é construir materiais ricos que façam a diferença para aumentar resultados!

Dê atenção ao SEO

Criando esse material a empresa gera tráfego para o site oficial, redes sociais e blog, além de ganhar relevância no Google e ganhar posições no resultado de busca orgânica (SEO). Para ajudar a otimizar conteúdo de forma orgânica em mecanismos de busca é preciso tomar outras ações. Confira seis dicas para isso:

  1. Keywords ou Palavras-chave: faça e use uma lista com as principais palavras, termos e sinônimos relacionados à marca, produto e conteúdo abordado;
  2. Título: curto e direto, deve incluir a palavra-chave principal;
  3. Link Building: tenha sites e blogs parceiros que linkem para o seu site, poste os novos materiais nas redes sociais e coloque o link de outros artigos que já tenha feito sobre o assunto daquele post específico;
  4. Conteúdo original: replicar conteúdo não traz audiência nem gera credibilidade. Para aumentar resultados, crie conteúdos e não faça plágio, mas não esqueça que uma curadoria de conteúdo de outros portais também é importante.
  5. Poste com frequência: para se manter em alta, sempre apresente novos conteúdos. Abandonar o blog e parar de atualizar o site faz com que os buscadores entendam que você não tem nada de novo para falar ao seu público e por isso não é relevante;
  6. Tenha Design Responsivo: em um mundo com uma infinidade de tamanhos de telas, é preciso garantir que o consumidor receba o conteúdo da melhor forma e com a estrutura correta. Tenha site, blog e e-mail marketing com design responsivo para manter o cliente em sua página e ganhar relevância no Google.

Pesquise tendências

Fique de olho nas tendências de mercado, marketing digital, comportamento do consumidor e padrões de consumo. Acompanhe as notícias, tenha referências nacionais e internacionais, leia/promova estudos, pesquisas e saiba os termos de busca mais utilizados.

Ferramentas como Google Analytics, Google Alerts, YouTube Analytics, Google Trends e AdWords Keyword Tool são ótimos aliados para colocar seu conteúdo em primeiro lugar.

Crie anúncios

Criar anúncios onde o público está faz parte de um bom planejamento de Marketing Digital. A estratégia é viável para qualquer empresa por não precisar de investimento mínimo, por ser mensurável e por permitir segmentar o público por interesse, idade, região, uso de wifi, entre outras características. Facebook, Linkedin e Instagram são exemplos de redes sociais que aceitam publicidade paga.

Já os anúncios de links patrocinados são diferentes: ao comprar termos e palavras, o links aparecem junto com os resultados orgânicos de busca dos sites de pesquisa.

Faça E-mail Marketing

Uma das táticas mais antigas e eficientes para aumentar resultados com Marketing Digital. O e-mail marketing permite se aproximar do público e entregar conteúdo interessante diretamente a ele, por isso possui grande taxa de abertura, leitura e cliques.

Crie um cronograma de disparos, envie materiais relevantes, foque em contar novidades e só mande e-mail para aqueles que autorizam a ação.

 

Por Sandra Turchi*

*Sócia-diretora da Digitalents (www.digitalents.com.br). Consultora e palestrante sobre Marketing DigitaleE-commerce. Professora nos MBAs da FGV, FIA e ESPM, onde coordena cursos na área digital desde 2008. Foi eleita uma dasprofissionaisde marketing mais atuantes nas mídias sociais no mundo, pela SMMagazine, dos EUA. Foi executiva deMarketing por mais de 20 anos, tendo atuado em diversos segmentos de mercado. Bacharel em Administração pela USP, pós-graduada pela FGV e MBA pela BSP e Toronto University, cursou também empreendedorismo na Babson de Boston. Autora do livroEstratégias de Marketing Digital e E-commerce, lançado pela editora Atlas e do blog www.sandraturchi.com.br, além de ser articulista de diversos portais.

Open post

Por que você deve investir no LinkedIn para alavancar sua carreira em 2018?

Faltam somente 40 dias para o fim de 2017! Essa é a hora de investir na sua carreira para começar 2018 com muito mais satisfação em seu trabalho.

O LinkedIn é uma rede social voltada para profissionais que desejam fazer networking, discutir negócios, publicar projetos realizados e, principalmente, para pessoas que buscam uma transição de carreira, ou ainda para recrutadores que desejam encontrar os melhores candidatos.

Ainda há pessoas que não utilizam todo o potencial dessa rede, seja por que não possuem uma conta ou, se a possuem, não a atualizam com frequência.

Por que usar o LinkedIn para buscar uma recolocação?

Muitas empresas utilizam apenas o LinkedIn como forma de recrutamento para uma posição, através da busca por palavras-chave, grupos, discussões e conexões.

É basicamente uma plataforma para elaborar um currículo online que pode garantir uma vaga na empresa ideal. Para atrair um recrutador é preciso ter um perfil completo e atualizado, fortalecer as habilidades e investir em palavras-chave, afinal, ele funciona como um buscador.

Dicas para tornar seu perfil mais atrativo

Se você deseja conquistar uma  nova posição no mercado de trabalho, ou buscar melhores oportunidades de trabalho, está na hora de manter seu currículo visível e atraente, usando todos os recursos que a plataforma disponibiliza para você. Pensando nisso, separamos 8 dicas para te ajudar:

  1. Foto atualizada

Esse item é básico, mas muitas pessoas não lembram de atualizar a foto de perfil. A imagem pessoal é importante para transmitir quem você é e qual sua postura profissional. Entretanto, nem sempre a foto precisa ser formal, depende muito da sua área de atuação e da mensagem que deseja passar ao mercado.

  1. Otimizando o perfil

Como mencionado acima, normalmente os recrutadores procuram seus candidatos através de palavras-chave relevantes. Portanto, é ideal otimizar o perfil para que você seja encontrado. Adicione os termos principais de busca em várias sessões do seu perfil e, principalmente, no resumo.

  1. Portfólio

Nas sessões de resumo, formação, experiências é possível adicionar vídeos, imagens, documentos com textos e links. Essa função permite que você coloque todos os projetos e trabalhos realizados no seu perfil.

  1. Anúncio de emprego

O LinkedIn possui um recurso de pesquisas avançadas, que permite a busca por empregos através de palavras-chave, setor, localização, função e muito mais segmentos. Através dos seus dados de pesquisa, essa plataforma sugere posições de acordo com seu perfil. Também é possível saber se uma conexão sua trabalha em determinada empresa colocando os filtros dessa plataforma.

  1. Atualizações da sua rede

Se mantenha atualizado com o feed de notícias que a sua rede compartilha. Assim, você se atualiza com notícias, vagas e dicas para sua carreira. Além disso, é um diferencial produzir conteúdo para se tornar relevante, ser uma referência para o seu feed também e chamar mais atenção dos recrutadores.

  1. Visitas no perfil

É sempre importante conferir o recurso “Quem viu seu perfil”. Essa ferramenta permite identificar os usuários ou empresas que visitaram sua página, dessa forma você pode se conectar, caso a pessoa seja interessante para fazer parte da sua rede de contatos.

  1. Menções

O LinkedIn também possui um sistema para fazer menções nas suas atualizações de status, parecido com o recurso do Facebook, Twitter e Instagram. Basta você colocar o @, seguido do nome da pessoa, ou empresa, e eles recebem a sua mensagem.

  1. Personalidade

O “Resumo do perfil” é um dos preenchimentos mais importantes para quem deseja encontrar uma boa vaga de emprego. Esse é o local em que você mostra um pouco sobre quem é você através da forma da escrita e de suas escolhas.

  1. Conexão

O LinkedIn é uma rede de conexões! Portanto, deixe a vergonha de lado e comece a se conectar com todas as pessoas que você conhece. Apenas dessa forma será possível aumentar seu networking pessoal.

  1. Entre diariamente

As pessoas normalmente entram todos os dias em suas redes sociais, mas acabam esquecendo do LinkedIn. É importante usar a rede diariamente para se manter atualizado!

Nessa área é importante colocar tudo que for mais relevante da sua vida profissional: um resumo do seu currículo, suas realizações, experiências, suas principais habilidades e até curiosidades, se acrescentarem algo para a sua personalidade. Nunca esqueça de colocar as palavras-chave nesse espaço!

Um perfil interessante e rico em detalhes é um diferencial para um recrutador te selecionar para uma vaga de trabalho. O LinkedIn é um dos melhores recursos para quem precisa de uma oportunidade para atrair a atenção das empresas. Não deixe de investir nessa plataforma!

Open post

Vamos falar de Comunicação e Marketing na Era Digital?

O forte crescimento do marketing digital na última década tem influenciado dia a dia agências de publicidade, assessorias de imprensa e demais profissionais que trabalham com comunicação. O marketing digital passa por um constante processo de transformação, que apresenta tendências sempre inovadoras.

Marketing digital x marketing off-line

Manter a presença digital é fundamental para as empresas que querem aumentar seus lucros. Contudo, a comunicação on-line não pode ser realizada de qualquer maneira, uma vez que apresenta características peculiares as quais podem comprometer a sobrevivência da marca.

Observe as principais diferenças do marketing digital para o marketing off-line:

Alcance assertivo

Os meios tradicionais de propaganda, como a televisão e jornais, atingem um público amplo, sem um filtro. As plataformas digitais permitem um alcance assertivo, já que é possível especificar informações e criar a persona da empresa. Dessa forma, a mensagem chega no consumidor ideal.

Permanência

A informação veiculada na internet tem maior permanência, já que é possível encontra-la facilmente através de pesquisas simples. É o caso de sites, landing pages e até em redes sociais.

Custo-benefício

A análise dos resultados do marketing digital é feita com base em métricas e relatórios que apresentam dados detalhados. Dessa forma, além de poder avaliar a relação custo-benefício com dados, é possível ajustar o modo de fazer marketing e o tipo de investimento mês a mês, a fim de que o retorno seja mais lucrativo.

Estratégias importantes para a comunicação e o marketing

Investir em marketing digital significa trabalhar com boa estratégia e planejamento. Estar sempre atualizado das possibilidades de ferramentas a serem exploradas de forma que beneficiem a marca também é requisito básico, pois inovação é a palavra-chave dessa forma de promover um produto ou empresa.

Confira 4 estratégias importantes de comunicação e marketing digital que devem ser exploradas para que a sua marca saia na frente da concorrência:

1 Automação de marketing

A ferramenta também conhecida como marketing cloud, ou marketing “das nuvens”, permite a segmentação de público de alta performance, facilitando o trabalho do analista de mídia. Assim, o profissional de marketing ganha tempo para pensar em estratégias mais rentáveis e complexas, o que favorece a marca.

2 Comunicação personalizada

As estratégias de marketing digital permitem e exigem que seja feita uma comunicação personalizada com o público-alvo. A facilidade de promover produtos e serviços pela internet faz com que os consumidores sejam expostos a diversas marcas do mesmo segmento ao mesmo tempo, o que tornam os clientes mais exigentes.

O consumidor moderno espera ser tratado de forma exclusiva, pois o atendimento humanizado é o grande diferencial da comunicação realizada através de meios digitais. A comunicação personalizada é capaz de gerar bom relacionamento e fidelidade com a marca, além de ampliar as formas de divulgar novos produtos e serviços ao cliente potencial.

3 Canais integrados

Manter uma comunicação padronizada é fundamental na era digital, uma vez que os consumidores ficam expostos a diversos canais de comunicação simultaneamente. A geração mobile circula por lojas físicas, virtuais, redes sociais e aplicativos de maneira muito rápida, o que exige o profissionalismo das marcas ao fazer uso dos canais digitais.

A integração de canais permite que o consumidor confirme a veracidade de informações e tenha uma experiência positiva junto à marca, de modo que a relação entre empresa e cliente ganhe pontos para a fidelização.

4 E-mail marketing e funil de vendas

A estratégia de e-mail marketing está cada vez mais em alta, especialmente com a modernização das ferramentas de automação e criação de funil de vendas.

Enviar e-mails com qualidade, segmentação e de acordo com a etapa do funil adequada ainda é uma das ações digitais que garantem mais retornos para as marcas, principalmente com os mecanismos de análise de dados disponíveis. Receber e-mail personalizado ainda é uma das estratégias que mais envolvem clientes, os quais se sentem exclusivos.

A comunicação e o os canais digitais são munidos com novidades diariamente. Cabe ao bom profissional de marketing digital manter-se atualizado e incluir os novos canais e ferramentas nas suas estratégias, com foco nos objetivos de cada empresa e segmentos de mercado.

Sucesso!

Open post

Por que usar vídeos nas campanhas de marketing digital?

Produzir vídeos tornou-se uma tarefa usual nos dias de hoje. O desenvolvimento de material audiovisual é uma ação que deve ser explorada pelas empresas para fins de marketing digital, uma vez que é capaz de garantir ótimos resultados para a marca.

A criação de audiovisuais exige técnica e precisa ser bem explorada para prender a atenção das pessoas. Atualmente, a utilização de vídeos é uma das principais estratégias dentro do marketing digital.

Destacar-se no ambiente virtual é um desafio diário para quem trabalha com mídias digitais. As estratégias para ter um alcance significativo na internet e uma boa conversão em vendas vão desde os tipos de abordagem ao consumidor, a produção de conteúdo relevante, boa identidade visual e diversas maneiras de manter a presença digital.

O recurso do vídeo é uma das estratégias direcionadas ao consumidor moderno, que busca conteúdo dinâmico e ao mesmo tempo de credibilidade.

Por que utilizar vídeo?

Pensar em estratégias de comunicação digital requer conhecimento técnico e experiência do profissional de marketing. Explorar materiais audiovisuais vai ao encontro dos hábitos do consumidor digital, o que favorece sua aproximação e identificação com a marca.

Veja porque utilizar vídeos nas suas campanhas de marketing digital:

1 Internautas preferem ver vídeos

Os vídeos são um dos produtos mais consumidos atualmente na internet e, segundo o Google, será o principal tipo de conteúdo até 2018. Além disso, ainda que menos pessoas parem para assistir ao material, essas serão consideradas uma audiência qualificada, uma vez que esse tipo de comunicação exige o investimento de tempo significativo do consumidor.

2 Vídeos têm a capacidade de aproximar

Os usuários da internet estão cada vez mais seletivos com relação aos diversos materiais que recebem todos os dias, ainda mais quando percebem que estes fazem parte de uma estratégia de marketing.

Os consumidores dão mais relevância aos conteúdos capazes de estabelecer uma relação de familiaridade entre empresa e cliente. Internautas navegam pela web com a intenção de interagir, conversar e sentirem-se parte da rede, como têm possibilitado os aplicativos, redes sociais, blogs e ferramentas da tecnologia da informação.

Os vídeos vão ao encontro das exigências do internauta moderno, pois são ferramentas que permitem a interatividade e aproximação com o cliente, ainda que numa relação à distância. Além disso, são muito eficientes para despertar emoções e impactar as pessoas, porque estimulam mais de um sentido humano ao mesmo tempo.

3 Vídeos ajudam a segmentar

A segmentação adequada do público-alvo e análise de dados é fundamental para o sucesso das campanhas de marketing digital. O vídeo marketing facilita ações de segmentação e eficiência nos resultados, uma vez que permite a interação com o cliente, de modo a saber exatamente o que este quer e quando quer.

A publicação de vídeos em plataformas específicas viabiliza ainda o acesso a informações precisas sobre os consumidores. Dessa forma, é possível conseguir métricas de performance que outras mídias não possibilitariam. Investir na elaboração de vídeos significa, portanto, obter dados de análises detalhados, os quais favorecem as tomadas de decisões relacionadas a novas estratégias.

Como produzir os melhores vídeos?

A produção de vídeos hoje em dia se tornou uma tarefa mais simples de ser realizada do que no passado, contudo profissionalismo quando o material for direcionado a campanhas de marketing. Veja 3 dicas para produzir e divulgar material audiovisual que gera resultado positivo para a marca:

1 Publique no blog

Os vídeos são ótimas ferramentas para serem integradas à estratégia de marketing de conteúdo. As publicações de textos que são apresentadas juntamente com vídeos são bastante aceitas pelo público, uma vez que oferecem a alternativa de entrega do mesmo conteúdo através do audiovisual.

A publicação de vídeos em blogs é capaz ainda de aumentar o engajamento do público, visto que a entrega do conteúdo torna-se mais diversificada. Com isso, o número de compartilhamentos em redes sociais aumenta.

2 Trabalhe em conformidade com a estratégia da marca

Todas as ações de comunicação da empresa devem estar alinhadas para alcançarem resultados positivos e a publicação de vídeos deve entrar nessa conformidade. A eficiência de qualquer estratégia de marketing digital começa na uniformidade de comunicação.

A padronização deve englobar a identidade visual da marca, o conteúdo apresentado e o atendimento on-line. O vídeo, por sua vez, é um dos tipos de conteúdos que mais impactam os consumidores, por isso deve ser muito bem trabalhado e traduzir a imagem da marca.

3 Invista em conteúdos informativos

Os vídeos apresentam como grande vantagem a capacidade de informar e educar o consumidor de maneira lúdica, dinâmica e interativa. Assim, o cliente potencial pode receber informações úteis para ele e sentir-se mais próximo da marca.

Usar vídeos em campanhas de marketing digital deixou de ser uma inovação e passou a ser uma obrigatoriedade nas estratégias de grandes empresas. Os audiovisuais podem ser explorados por organizações de qualquer porte, basta definir a melhor plataforma de divulgação de acordo com o público e com foco nos resultados.

Sucesso!

Posts navigation

1 2 3 4 20 21 22