Como Alavancar Sua Marca Com Uma Boa Estratégia De Criação De Conteúdo Digital

Como alavancar sua marca com uma boa estratégia de criação de conteúdo digital

Imagine que você esteja reformando sua casa e gostaria muito de aproveitar a oportunidade para aplicar técnicas de Feng Chui no ambiente. Mas acontece que você não tem nem ideia de onde começar. O que você faz? A maior parte das pessoas nem analisa muito antes de responder: simplesmente busca na internet.

Seja para encontrar dicas sobre a arrumação, indicações de especialistas na área, ou até mesmo avaliar se a técnica oriental é realmente a mais indicada ao seu ambiente familiar, há milhares de páginas com conteúdo especializado que podem ser acessadas com apenas um clique. E vale para qualquer segmento: de buscas domésticas e médicas a indicações espirituais e filosóficas. Todos nós consumimos conteúdo o tempo todo, diariamente. São realizadas mais de 4 bilhões de buscas todos os dias somente no Google. Se o buscador tem a fama de ser o Oráculo, podemos assim dizer que o conteúdo é a “divindade”.

Mas o que isso tem a ver com seu negócio? Sabe aquela máxima de quem não é visto, não é falado?! Pois bem, o mesmo vale para sua marca. A criação de conteúdo é o passo primordial para que seu negócio seja visto e considerado nos canais de digitais. É a criação de conteúdo, com relevância e qualidade, que te ajuda a atrair e engajar novos e antigos clientes, consolidando sua marca nos canais digitais.

No marketing digital, a criação de conteúdo é o processo de gerar informações sobre tópicos que atraem o seu consumidor, por meio de conteúdo escrito ou visual, de forma acessível ao público como posts de blog, vídeos, infográficos ou outros formatos. Com um planejamento e estratégia bem realizados, alinhados não somente aos interesses e linguagem do público-alvo, mas às tendências de sua indústria, é a criação de conteúdo que assegura que sua comunicação esteja atingindo o público adequado, no momento ideal e do jeito que você deseja.

Veja aqui: as melhores ferramentas de gerenciamento de conteúdo para profissionais de marketing de conteúdo.

 Por que investir em criação de conteúdo nos canais digitais

A criação de conteúdo provê informação gratuita, útil e de qualidade para seu público, auxiliando na atração de potenciais novos clientes e engajando os atuais, além de consolidar a marca. Se estas características ainda são insuficientes para te convencer que investir em uma boa estratégia de criação de conteúdo nos seus canais digitais é um excelente negócio, trouxemos alguns dados que explicam porque 9 em cada 10 empresas apostam no conteúdo como estratégia central de marketing:

  • Marketing de conteúdo gera 3 vezes mais leads que o tradicional, custando 62% menos
  • Pequenas e médias empresas que utilizam a criação de conteúdo nos canais digitais angariam 126% mais leads que as que não usam
  • Companhias que publicam mais de 16 posts por mês alcançam 3,5 vezes mais tráfico do que aquelas que publicam quatro ou menos posts mensalmente
  • De cada dez compras online, seis foram resultados direito de uma leitura de blog feita pelo consumidor
  • Nada menos do que 62% dos millennials disseram que sua lealdade online a marcas é devido ao conteúdo expresso nos canais digitais
  • Pesquisas norte-americanas mostram que cerca de 67% dos consumidores afirmam que conteúdo criado e publicado pela marca auxilia em melhores decisões de compra
  • Criação de conteúdo tem um alto poder simbólico: deixa em suas mãos a possibilidade de compartilhar o diferencial da sua marca com suas próprias palavras, lembrando aos seus consumidores a missão e valores por trás do seu negócio

Depois desses números, é fácil se interessar em aplicar essa estratégia de marketing na sua marca. Mas antes de sair por aí publicando qualquer coisa, fique atento: conteúdo de qualidade é fundamental para aumentar o tráfego orgânico no seu site e também nas redes sociais. Vamos ver mais alguns ingredientes para aplicar criação de conteúdo nos seus canais digitais.

Como iniciar uma estratégia vencedora de produção de conteúdo

Não tem muito segredo: bons conteúdos levam os consumidores a se identificar com o seu produto, conhecê-lo melhor e compartilhar suas ideias. A produção de conteúdo de qualidade e com regularidade facilita a manutenção de vínculo com o seu público alvo, gerando confiança e credibilidade para sua marca, diferenciando seu negócio de outros do mesmo segmento que ainda não utilizam estratégias de Marketing Digital.

Materiais ricos, diversificados e acessíveis, com designs bem elaborados, sem dúvida agregam valor a sua marca. Contudo, o primeiro passo para produzir conteúdo que seja realmente relevante para seu público nos canais digitais, como qualquer boa estratégia, é o planejamento. Esse passo é essencial para entender aquilo que funciona melhor no seu negócio.

Somente após uma análise do seu público pode-se planejar uma estratégia de criação de conteúdo que defina o quê divulgar, em qual canal, em qual período e com qual periodicidade. Não deixe de incluir um estudo sobre criação de personas, o mapeamento dos interesses de seu público-alvo e defina um período para realização de testes – afinal nem sempre vai se acerta logo de primeira.

Se o seu público principal, por exemplo, são jovens adolescentes, o ideal é que o conteúdo gerado tenha mais foco visual, com vídeos, gifs e imagens, sintonizados com os memes e tendências do momento, e em circulação em redes sociais. Já se seu público é de adultos que utilizem sua marca em decisões de negócio, é mais fácil apostar em e-mails marketing ou em outros formatos que permitam a criação de conteúdo aprofundado, como posts, podcasts ou e-books.

Mas não basta saber o perfil do consumidor (a persona) que sua estratégia pretende atingir. Ainda é preciso considerar fatores como qual é a melhor estratégia a ser utilizada para cada etapa do funil de vendas. Assim, se seu negócio é do ramo automobilístico, por exemplo, é mais fácil atrair um potencial novo cliente oferecendo um conteúdo útil sobre a mecânica de um carro em um infográfico, enquanto que para fazê-lo optar pelo seu negócio (etapa da decisão) seja mais acertado dá-lo acesso a um guia comparativo do seu produto.

Um conteúdo de qualidade também pode funcionar como “isca” para geração de leads. Ofereça a oportunidade de acesso a um excelente conteúdo, como um e-book útil por exemplo, e, voluntariamente, o consumidor lhe entregará seu contato. No fim, tudo depende de analisar os interesses e como alcançar o seu público, além do objetivo de marketing que pretende alcançar. Ou seja, de um bom planejamento.

A gestão da produção de conteúdo e seus desafios

Um relatório da Hubspot lançado em 2015, intitulado “O Estado do Inbound Marketing no Brasil”, indicou que gerir o conteúdo é o terceiro maior desafio das empresas no que diz respeito ao inbound. Isso porque criação de conteúdo também tem um lado negativo: caso sua estratégia não esteja bem elaborada, os efeitos podem ser o contrário do esperado.

Publicar algo significa também estar exposto às exigências do público e, deste modo, qualquer conteúdo fora do tom pode gerar um efeito negativo. Além de que nem sempre a pura e simples publicação de um bom conteúdo vai fazer com que o mesmo chegue ao conhecimento do consumidor pretendido.

Para criar e gerir uma estratégia de criação de conteúdo de valor é necessário investimento, além de uma quantidade substancial de disciplina e organização. Lembre-se: conquistar uma audiência cativa leva tempo. Quanto mais conteúdo de qualidade você gerar, mais autoridade no tema vai adquirir e mais referências externas te indicarão.

Os resultados são graduais, então é importante focar na execução da estratégia planejada até conquistar o volume de tráfego desejado. Ao chegar neste ponto, os resultados tendem a se manter constantes e crescentes quase que de forma natural – claro que desde que a produção de conteúdo se mantenha regular e alinhada com a estratégia que atraiu o leitor.

Embora tenha um custo bem menor do que o marketing tradicional, gerir uma estratégia de conteúdo requer investimento financeiro tanto na contratação de pessoas quanto na de ferramentas, como aplicação em canais online, compra de tráfego, entre outros para assegurar que o conteúdo alcance o público desejado. Sim, o tráfego orgânico é um dos melhores bônus da criação de conteúdo em canais online, mas é o investimento em impulsionamento, mesmo pequeno, que atrairá novos consumidores, dando entrada do lead no funil de venda.

Por fim, não esqueça da análise. É a etapa final e indiscutivelmente mais importante na criação de conteúdo. Sem dados, você não sabe o que está funcionando ou como melhorá-lo. Existem várias formas de analisar seu conteúdo. Use o seu planejamento como um guia para definir alguns parâmetros. Tudo o que você deseja obter a partir do conteúdo produzido te ajudará na escolha das métricas. Seguem algumas sugestões:

  • Visualizações de página: o número de usuários que visitam seu conteúdo.
  • Tráfego orgânico: a quantidade de tráfego proveniente dos mecanismos de pesquisa.
  • Taxa de rejeição: a porcentagem de visitantes que deixam seu site depois de visitar apenas uma página.
  • Taxas de engajamento: o número de pessoas que interagem com seu conteúdo por meio de curtidas, compartilhamentos, comentários ou de outras formas.
  • Crescimento do público: os novos inscritos ou leads gerados a partir de um conteúdo.

Apostamos que agora que você conhece um pouco melhor a “divindade” também conhecida como criação de conteúdo, vai buscar as melhores formas de fazer com que sua marca seja escutada pelo Oráculo Google. Acertamos?

Curso de

FUNDAMENTOS DO MARKETING DIGITAL

Curso de

APERFEIÇOAMENTO EM MARKETING DIGITAL (NÍVEL INTERMEDIÁRIO)

Curso de

ESTRATÉGIAS AVANÇADAS DE MARKETING DIGITAL (NÍVEL AVANÇADO)

Curso de

MARKETING DIGITAL E VENDAS PARA O MERCADO B2B

Curso de

Marketing Digital e vendas para o mercado b2b

Curso de

ESTRATÉGIAS DE MARKETING DIGITAL PARA O MERCADO FINANCEIRO

Confira outros artigos

Estratégias com resultados para o seu negócio.

book

válido até 22/04

Curso de

RH NA ERA
DIGITAL